quarta-feira, 30 de abril de 2008

AS PRIMEIRAS EXPERIÊNCIAS SEXUAIS (1ª parte)

Quando somos jovens, sentimo-nos invulneráveis.

Pensamos no amor como se este fosse uma solução milagrosa que nos deixa em estado de graça, e às vezes esquecemo-nos de que podem registar-se acidentes durante uma relação sexual. Mas eles acontecem. Nem sempre são dramáticos, bem entendido, mas muitas vezes têm consequências pesadas.


Uma infecção vaginal não tratada pode provocar a esterilidade de uma rapariga, relações sexuais sem preservativo podem transmitir o vírus da SIDA ou outras doenças, ou ainda provocar uma gravidez indesejada.


Quando fazemos amor, não nos apetece pensar em nada disto. Queremos aproveitar a vida, com toda a descontracção. Mas é preciso não esquecer que determinadas infecções deixam traços indeléveis, determinados vírus não têm cura.


Hoje em dia, tens a sorte de viver numa época em que é possível prevenir a maior parte dos perigos que te espreitam. Mesmo que ainda não tenhas tido relações sexuais, convêm informares-te sobre os métodos contraceptivos para tomares precauções e não seres apanhado(a) de surpresa.

A prevenção não tem nada a ver com proibição, bem pelo contrário.
Preservar a saúde pode parecer constrangedor mas, no amor, a verdadeira liberdade é aquela que te permite viver uma sexualidade sem angústias, sem riscos para o teu corpo e para o do teu parceiro.

A CONTRACEPÇÃO
A contracepção é o conjunto de métodos utilizados para evitar a gravidez.
Basta uma única relação sexual para engravidar. Portanto, cuidado!

Cada vez que ejacula, o homem liberta cerca de 350 milhões de espermatozóides. Apesar de serem lançados na vagina, eles chegam rapidamente ao colo do útero.

Para que uma mulher engravide, é necessário que os espermatozóides encontrem um óvulo.
O óvulo, produzido pelos ovários da mulher, é libertado todos os meses e desce até ao útero por um pequeno canal denominado trompa. Se encontra um espermatozóide no caminho, o óvulo pode ser fecundado.
Para que uma mulher engravide, basta que um espermatozóide penetre no óvulo.

CICLO MENSTRUAL
O ciclo menstrual considerado como normal demora 28 dias e conta-se como o primeiro dia, o 1º dia da menstruação;
Caracteriza-se por ter hemorragia menstrual, em média durante 3 a 8 dias, em intervalos que vão de 24 a 34 dias, tendo como ciclo padrão mais comum o de 3 a 6 dias de fluxo.
Neste caso a ovulação aconteceria na metade do ciclo (14º dia), que consiste na saída do óvulo para uma das trompas.

Se no prazo de 24 horas houver um espermatozóide que se junte a esse óvulo (que já lá podia estar “à espera” há 72 horas), dá-se a fecundação e o óvulo transforma-se num ovo.
Ao descer da trompa para o útero, o ovo vai fixar-se na sua parede, que durante os 14 dias anteriores se foi tornando mais volumoso e esponjoso de modo a poder receber o ovo e uma gravidez.

Se, pelo contrário, não houve fecundação, o óvulo não fertilizado desce para o útero cuja parede interna por sua vez se começa a desagregar, até que é expulso na altura da menstruação, iniciando-se novo ciclo menstrual.

Quando é que inicia e acaba o período fértil?

Chama-se período fértil, aos dias em que a mulher que tem relações sexuais, pode engravidar. Isto sucede quando se dá a ovulação que ocorre em média, ao 14º dia do ciclo.

Considerando que o óvulo vive em média 24 horas e o espermatozóide cerca de 72 horas e considerando a duração dos ciclos anteriores (idealmente 12 ciclos), pode-se calcular o período fértil, por subtracção de 11 dias ao ciclo mais longo e de 18 dias ao ciclo mais curto.

Exemplos:
Mulher com ciclo regular de 28 dias:
28-11=17
28-18=10
O período fértil será entre o 10º dia e o 17º dia do ciclo, inclusive.

Mulher com ciclos menstruais entre 25 a 30 dias:
25-18=7
30-11=19
O período fértil será do 7º ao 19º dia do ciclo.

Helena Bento
Bibliografia: Rodrigues, João. “Os jovens e a sexualidade” CAJ – Centro de Atendimento a Jovens
Coimbra,2002.

12 comentários:

Anônimo disse...

oi gostei desse sente jovem,mas ainda tenho muitas dúvidas
eu tenho o útero baixo eu tomo anticoncepicional e mesmo assim
to achando que estou gravida devido a alguns sintomas
será que posso está gravida?
é urgente se puder me responda.
bjssssssssssss

Anônimo disse...

Se não esqueceste de tomar a pílula dia nenhum, não estas grávida.
Precisas relaxar, e coloca as duvidas que tens antes das decisões para viveres as tuas decisões com muito mais prazer.

fatima pereira disse...

PARABÉNS PELO BLOG AS QUESTÕES SÃO MUITO IMPORTANTES MAS PRECISAM RESPONDER ATEMPADAMENTE.

BOM TRABALHO

Helena Bento disse...

Querida anónima:
Desculpa o atraso na resposta.
Não é por teres o útero "baixo" que engravidas, desde que estejas a tomar um contraceptivo correctamente e seguindo todas as orientações do teu médico ou enfermeira de família.
Relaxa e sempre que tiveres dúvidas, não hesites em informar-te.Podes continuar a colocar questões para o SENTE JOVEM.
Felicidades...

sente jovem disse...

Então juventude não há questões a colocar?
Aproveitem bem as férias e venham visitar-nos!

Anônimo disse...

Tenho 15 anos e namoro.
Eu e o meu namorado ainda não tivemos relações sexuais, mas ele já pôs o dedo dele na minha vagina, será possível que se ele tenha posto a mão do pénis dele e a seguir na minha vagina há alguma possibilidade de eu estar grávida? (Nós estavamos vestidos)
É que eu tou com um atraso de uma semana. Por favor respondam o mais rápido possível.
Obrigado

Anônimo disse...

Caro anónimo:
Não havendo contacto do esperma do rapaz com a zona genital da rapariga, não engravidas. Podes estar com um atraso menstrual por qualquer outro motivo, desde stress ou irregularidade menstrual também habitual nas raparigas jovens como tu.
Não esqueças que o início das relações sexuais é uma decisão que tens que ponderar e quando tu e o teu namorado decidirem assumir essa responsabilidade, devem ir a uma consulta de saúde dos adolescentes. Se moras perto de Santa Maria da Feira, podes recorrer à nossa consulta que se realiza às sextas-feiras das 14-18 horas, no Centro de Saúde. Lá encontras profissionais que te orientam, aconselham e fornecem contraceptivos, se for esse o caso.
Sempre ao dispor.

Anônimo disse...

Não eu não sou dai perto, moro em Lisboa.
Mas o atraso menstrual normalmente é de quantos dias?
O meu período devia vir no dia 19 deste mês inda não veio será normal?
Muito obrigado

Anônimo disse...

Já são muitos dias de atraso. Não é uma situação habitual. Procure um médico ou enfermeira do seu Centro de Saúde ou do Centro de Saúde da zona onde mora e coloque as suas dúvidas. Em alternativa compre um teste rápido de gravidez na farmácia e faça-o.
E... boa sorte.

Anônimo disse...

Tenho uma dúvida não houve penetração ,mas eu estava no meu período fértil,só ficamos rossando corro o risco de engravidar ,estavamos de pé.Fico no aguardo.

Anônimo disse...

Ele ecostou o penis na minha vagina ,mas não gozou eu tava fértil ,cooro o risco devido ao líquido que sai?

V.C. disse...

Quando há contacto entre os órgãos genitais, existe sempre o risco de ocorrência de uma gravidez ou de uma doença sexualmente tranmissível, mesmo não havendo penetração, uma vez que se verifica a troca de fluídos. O ideal é usar sempre o preservativo, mesmo que seja só um rosso.
Qualquer questão não hesites em falar connosco.